(11) 3313.4333
(11) 3229.8688

A Empresa


A Plásticos Carone originou-se da firma S. J. Carone & Cia., fundada na década de 1920 e situada à rua Florêncio de Abreu, no número 40. Era então, uma fábrica de calçados, camas de ferro e colchões.

Com a expansão e urbanização da cidade, em nove de abril de 1941, houve uma mudança fundamental. A fundação da J. S. Carone & Cia. Ltda., com duas letras invertidas. A primeira firma tinha as iniciais do patriarca. A sucessora, as iniciais do segundo filho. Mas não apenas isso, o foco mudou para tecidos, de uma maneira geral, já que a firma se localizava agora na rua 25 de Março, no número 1.018.

Muitos tecidos começaram a ser comercializados na época, nacionais e importados, e o ainda “novo” Mercadão Central, ali do lado, inaugurado em 1933, complementou a mudança na região.

No início dos anos 60, uma tal de “matéria plástica” começa a aparecer e, coisas da vida, a J. S. Carone passa a vendê-la. Daí para a especialização foi um pulo, tanto é que, na década de 70 era conhecida como Plásticos Carone. Para tornar-se razão social, bastou chegar ao ano de 1987.

Hoje, já na quarta geração da família em seus quadros, a Plásticos Carone segue mantendo a tradição de bem servir seus clientes, construindo amizades e parcerias duradouras.

Pode entrar... a casa é sua, com a licença do patriarca.



Contexto

Desde o inicio dos anos 60, quando a indústria de transformação ainda se firmava, muitas firmas foram inauguradas. Algumas já deixaram de existir, outras ainda permanecem.

No entanto, todas fazem parte de nossa história: Plavinil, Vulcan, Idma, Kelson’s, Alko, Plastwal, Plascony, Perfetto, Sansuy... e tantas outras. E não apenas no PVC, praticamente pioneiro, mas também no Poliestireno, Polietileno, Polipropileno, PET e outros.



O Plástico

Plásticos são materiais orgânicos obtidos de diversas origens e não apenas do petróleo: do gás natural líquido, da hulha, do bagaço de cana, do etanol, do eucalipto e até do leite.

Da combinação entre Carbono, Hidrogênio, Oxigênio, Nitrogênio, entre outros compostos, orgânicos e inorgânicos, é possível uma enorme variação de combinações, resultando em novos plásticos. Portanto, muita coisa já foi e ainda está para ser descoberta...

A versatilidade é a grande característica dos plásticos, podendo ser moldado, extrusado, soprado, injetado, laminado, etc., de uma maneira barata em relação a outras matérias primas. Sem falar no baixo custo de reciclagem.

Diferentemente do conceito inicial de que plástico era algo barato e de baixa qualidade, hoje temos produtos que muitas vezes, após confeccionados, não conseguimos diferir se são ou não naturais.

Temos plásticos que suportam corrosão de ácidos, impermeáveis à água e gases, resistentes a altíssimas e baixíssimas temperaturas, resistentes a raios ultravioleta, etc.



Abreviaturas de alguns plásticos que fazem parte de nosso cotidiano:

ABS 

- ACRILONITRILA-BUTADIENO-ESTIRENO

EVA 

- ETILENO-VINIL-ACETATO

PA 

- POLIAMIDA

PC 

- POLICARBONATO

PVC 

- POLICLORETO DE VINILA

PE 

- POLIETILENO

PEBD 

- POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE

PEAB 

- POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE

PET 

- POLIETILENO TEREFTALADO

PMMA 

- POLIMETIL – METACRILATO (ACRÍLICO)

PP 

- POLIPROPILENO

PS 

- POLIESTIRENO

  - E OUTROS, MENOS CONHECIDOS.



Conheça mais sobre nossos produtos. Entre em contato.

© 2015 Plásticos Carone • Av. Rangel Pestana, 1512 • CEP 03002-000 • São Paulo • SP • Tel: (11) 3313.4333 - (11) 3229..8688